Mundo | Papai Noel existe nas HQs da Marvel.

Os X-Men possuem vários integrantes que são considerados mutantes nível Omega, o que significa que eles estão entre os mais poderosos. O que pouco gente deve saber é que por incrível que pareça, o Papai Noel está entre eles.

Sim, dentro das histórias publicadas pela Marvel, o Papai Noel existe e é considerado um dos mutantes nível Omega. O Bom Velhinho já apareceu em várias histórias da editora, e foi justamente em uma HQ protagonizada pelos X-Men que descobrimos seus poderes.

Em Marvel Holiday Special, publicado em 1991, Tempestade, Wolverine, Colosso, Noturno e o Banshee haviam acabado se tornar integrantes do X-Men. Em um momento, Cerebro detectou a atividade do mutante mais poderoso de todos em Nova York e a equipe decidiu investigar.

Os X-Men se encontram com os integrantes da Irmandade de Mutantes, que também queriam saber quem era esse mutante. A luta foi logo interrompida após os vilões desapareceram e se transformaram em brinquedos. Uma cortesia do próprio Papai Noel.

Banshee até teve uma conversa com o Bom Velhinho (que diz se chamar Kris Kringle), mas ele logo transporta os X-Men para o Rockfeller Center e suas memórias sobre a luta com a Irmandade foram apagadas pelo Papai Noel.

O personagem fez mais algumas aparições em outras histórias com temática natalina, que eram um tanto quanto bizarras. Por exemplo, ela já foi contratado como detetive pela Mulher-Hulk (com o nome Nick St. Christopher), mas foi forçado a voltar para o Pólo Norte após sua mulher notar que ele estava flertando com a heroína.

Já em uma HQ do Deadpool, um grupo de crianças contratou o anti-herói para matar o Papai Noel. Como estamos falando de uma história protagonizada pelo Mercenário Falastrão, ele aceitou a missão e foi rumo ao Pólo Norte.

Deadpool e o Papai Noel se enfrentaram, mas Wade Wilson não conseguiu derrotá-lo justamente pelo fato de ele ser muito poderoso. No final das contas, o anti-herói matou um elfo que iniciou um motim contra o Bom Velhinho para salvar o Natal.

Fonte: Ei Nerd