Mundo | MORRE JOSEPH BARBERA, CRIADOR DE “TOM E JERRY”

Mundo | MORRE JOSEPH BARBERA, CRIADOR DE “TOM E JERRY”

04/20/2020 0 Por Fala Geek

O desenhista Joseph Barbera, quem junto a William Hanna, criou grandes figuras do cinema e da televisão como “Os Flintstones”, “Tom e Jerry” e “Zé Colmeia”, morreu nesta segunda-feira (18) aos 95 anos, informaram os estúdios Warner Brothers.

Barbera, que também deu vida a “Scooby-Doo”, morreu de causas naturais, na sua casa, em Los Angeles, afirmou seu porta-voz, Gary Mieranu, segundo um comunicado da Warner Brothers.

Sua mulher, Sheila, acompanhou Barbera até o último minuto de sua vida, acrescentou o comunicado. Ele deixou três filhos de um casamento anterior.

Hanna, com quem Barbera criou desenhos animados como “Os Jetsons” e “Dom Pixote”, morreu em 2001.

Os dois começaram a trabalhar juntos para os estúdios MGM na década de 1930. Mas seu primeiro grande sucesso veio na década de 1960, com a série “Os Flintstones” e as perseguições de Tom e Jerry.

Desde a Idade de Pedra, com os Flintstones, até o futuro, com os Jetsons, Barbera e Hanna “não foram apenas os astros da animação, mas também uma parte muito querida da cultura popular dos Estados Unidos”, disse Barry Meyer, gerente executivo da Warner Brothers, ao saber da morte.

Barbera nasceu em 1911 no bairro de Little Italy, em Nova York. Começou a desenvolver sua capacidade de desenhista e de criar histórias com seus personagens nos estúdios Van Beuren. De lá foi à costa oeste do país, após saber que a MGM estava desenvolvendo instalações dedicadas exclusivamente à animação.

Foi ali que conheceu Hanna e os dois criaram Tom e a Jerry, figuras carismáticas que conquistaram para a dupla sete Oscars de Hollywood, 10 prêmios Emmy de televisão e vários prêmios religiosos por seu trabalho cristão.

Numa ocasião, comentando a criação dos Flintstones, Barbera contou que “Fred e Barney nasceram da idéia mais básica que existe em toda comédia, a do gordo e do magro, e nos primeiros esboços eles foram índios, vaqueiros, peregrinos, até romanos, até que surgiu a idéia de vestir os dois com peles”.

Outro grande personagem foi Jerry, que teve sua primeira aparição no musical “Anchors Aweigh”, dançando com Gene Kelly numa cena antológica do cinema americano.

“Joe Barbera foi um narrador apaixonado e um gênio da criação. Ao lado de seu parceiro Bill Hanna, foi um pioneiro do mundo da animação”, disse o seu amigo Sander Schwartz, presidente do Departamento de Animação de Warner Brothers.

“As suas contribuições à animação e à indústria da televisão não têm comparação. Foi pessoalmente responsável pelo entretenimento de milhões e milhões de pessoas no mundo todo “, acrescentou.

Mas nem Barbera nem seu companheiro Hanna pretendiam fazer desenhos animados. A atividade entrou nas suas vidas por causa das dificuldades econômicas.

Originalmente, Barbera pensava em dedicar seus estudos à administração bancária. Mas começou a desenhar para revistas de caricaturas, para poder sobreviver. Hanna, que tinha estudado engenharia e jornalismo, teve que entrar no terreno da animação ao não encontrar o trabalho que procurava.

Fonte: G1