Games | 9 jogos para escapar do mundo real.

Games | 9 jogos para escapar do mundo real.

04/15/2020 0 Por Fala Geek

Todos nós já passamos — ou ainda vamos passar — pela fase em que precisamos de um jogo para escapar do mundo real. Aquele em que é preciso dedicação e empenho em horas jogadas todos os dias, seja só para montar uma casa bonita no Animal Crossing, forjar uma armadura poderosa em Skyrim ou pescar um peixe raro em Red Dead Redemption 2.

Como alguns estão com bastante tempo livre ultimamente, listamos nove jogos que são verdadeiros consumidores de vida social — se é que o gamer já teve alguma, né? Piadas à parte, hora de partir para a lista!

Animal Crossing: New Horizons

Animal Crossing: New Horizons é um simpático jogo de simulação da Nintendo, que coloca o jogador para comandar uma pequena ilha paradisíaca habitada por animais antropomórficos — que oferecem diálogos bem-humorados e inusitados, diga-se de passagem.

Sem pretensão em ser algo grandioso ou realista, o game também foca em liberdade e te deixa criar sua própria diversão, seja fazendo as atividades principais, pescando peixes para atualizar a exposição do museu local, embelezando sua casa ou interagindo online com amigos.

De certa forma, a criatividade dos jogadores também é uma das mecânicas do jogo — se não, a mais relevante — e isso faz com que não seja difícil se apaixonar por algo que oferece uma experiência tão leve e sincera. Não à toa, Animal Crossing é o jogo que 2020, um ano extremamente incomum para todos nós, precisa.

New Horizons está disponível exclusivamente para Nintendo Switch, mas há uma versão mobile gratuita caso você quiser testar!

Red Dead Redemption 2

Red Dead Redemption 2 é um jogo de mundo aberto no Velho Oeste que acompanha a história do fora-da-lei Arthur Morgan que, ao lado de sua gangue, precisa enfrentar as consequências da chegada da Era Moderna e das escolhas de sua vida.

Como esperado do gênero e da própria franquia, o título é imenso, repleto de missões, atividades secundárias, tramas paralelas e segredos pelo mapa. Por trás de tudo isso, ainda existem alguns elementos de simulação, como pesca, caça, construção e customização de roupas e itens e até gerenciamento de um acampamento.

Essa mistura maluca que varia entre tiroteios e calmaria resulta em uma das experiências mais imersivas da atual geração que, acredite, fará você deixar aquela missão principal de lado apenas para ficar horas e mais horas só à procura de um maldito peixe raro.

Red Dead Redemption 2 está disponível para PC (via Rockstar Launcher), PlayStation 4 e Xbox One.

World of Warcraft

Se você está com vontade de aniquilar criaturas, explorar masmorras, customizar personagens e esquecer sobre a sua vida, pare tudo e vá jogar imediatamente o clássico da BlizzardWorld of Warcraft.

Ele é um MMORPG que se passa em um universo fantasioso com tudo que tem direito, desde NPCs excêntricos até combates PvE e PvP — ou seja, contra inteligências artificiais e outros jogadores.

O bom dele é que você até pode encontrar ou chamar alguém para acompanhar as suas aventuras e, olha só, manter o restinho de vida social em vez de destruí-lo!

World of Warcraft continua sendo atualizado com expansões até hoje e está disponível apenas para PC.

Skyrim

Skyrim é um jogo único que não revolucionou apenas o mundo aberto, mas também a forma como as pessoas jogam e pensam dentro desse gênero porque mostra um universo fantasioso (quase) sem limites, em que a liberdade do jogador é prioridade.

Tente pesquisar sobre ele e duvido que não aparecerá façanhas aleatórias dos jogadores em vez da história principal do jogo, como traçar um romance com um NPC ou enfrentar dragões apenas pela grandiosidade da coisa.

E é isso que o torna tão viciante, poder fazer o que der na telha. Só avisamos: é um caminho sem volta se aventurar pelo universo de Elder Scrolls.

Skyrim está disponível em todas as plataformas imagináveis, até mesmo na Alexa (é sério!).

Zelda: Breath of the Wild

Já vimos que Skyrim estabeleceu muitas das “regras” do mundo aberto, mas foi Zelda: Breath of the Wild o responsável por expandi-las de um jeito impressionante.

Também focando na liberdade do jogador (e em viciá-lo), o jogo revolucionou a fórmula da franquia e jogou a clássica história de Link em um universo vasto, em que cada cantinho esconde segredos, puzzles, diálogos inusitados e atividades secundárias — e nada disso está marcado no mapa, o jogador precisa explorar e desvendar tudo sozinho.

Essa genialidade ainda se expande para a jogabilidade, em que é preciso se virar e improvisar até para gerenciar os equipamentos. Não se surpreenda se você se ver gastando horas para procurar ingredientes para incrementar uma sopa ou suprimentos para construir uma jaqueta para o protagonista não passar frio. A graça do game está nos pequenos detalhes!

Zelda: Breath of the Wild está disponível para Nintendo Switch e Wii U.

Destiny 2

Destiny 2 é aquele jogo que todos nós já reclamamos em algum momento, mas nosso histórico de horas jogadas entrega que não escapamos da experiência viciante que ele proporciona.

O jogo de tiro mistura o gênero do mundo aberto com elementos online, sendo ambientado em diversos planetas diferentes do sistema solar — o que resulta em exploração espacial, inúmeras missões principais e secundárias, raids para coleta de suprimentos e até criação de armaduras e armas. Uma receita que fala por si só, não é?

Ele ainda é como outro integrante da lista, o clássico World of Warcraft, que pode ser jogado em grupos de amigos, o que deixa tudo ainda mais divertido!

Destiny 2 está disponível para PC, PlayStation 4 e Xbox One.

The Witcher 3

Se Skyrim e Breath of the Wild estabelecem as “regras” da liberdade no mundo aberto, então The Witcher 3 decidiu jogá-las para o alto e fazer do seu jeito.

O jogo é realmente imenso, cheio de missões principais, atividades secundárias, criação e gerenciamento de armaduras e itens, diálogos inteligentes e inimigos a serem derrotados. Mas a liberdade é, de certa forma, mais regrada. Aqui, o jogo não larga a tua mão, mas dá um empurrãozinho em suas costas para te instigar a explorar tudo, enquanto histórias paralelas bem construídas aparecem de todo lugar.

O foco narrativo é uma das características que torna o game tão especial e único, que ainda explora belíssimos toques de RPG que são de orgulhar qualquer fã do gênero. Não à toa, ele é considerado por muitos como uma obra-prima da atual geração — e uma baita válvula de escape da realidade.

The Witcher 3 está disponível para PC, PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch.

Stardew Valley

Stardew Valley é um dos clássicos jogos de fazendinha, em que o jogador herdou a fazenda de um tio e agora precisa aderir a vida rural, cuidando de colheitas, pescando e cozinhando a própria comida, construindo espantalhos para espantar aves, coletando minerais e até carpindo um lote.

Sendo inspirado em Harvest Moon, o jogo encanta pela simplicidade e quantidade de mecânicas e sistemas, podendo ser jogado em quatro pessoas e tendo até opção de formação de romances com outro jogador ou um NPC.

Stardew Valley está disponível para PC, PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch e celulares.

The Sims 4

Se fazendinha não é muito seu estilo, não tem problema. The Sims 4 também é um simulador que oferece milhares de possibilidades de gerenciamento e customização, mas é focado na vida urbana.

No jogo mais recente da clássica franquia, o jogador pode construir sua casa, carreira, vida amorosa, família e absolutamente tudo que quiser — até aproveitando as várias expansões dos últimos anos, que adicionaram até pets para os personagens e opção de ser uma celebridade.

The Sims 4 está disponível para PC, PlayStation 4 e Xbox One.